Irmã NICE – NAF / Institucional

Dados Cadastrais

SEDE

    • NÚCLEO ASSISTENCIAL FRATERNO
    • RUA BAQUIÁ Nº 526 – SALA DO NAF – 1º ANDAR
    • VILA NOVA MANCHESTER – CEP 03443-000 – SÃO PAULO/SP
    • FONE: 2093-3011 / 2091-2964 / 2366-2964
    • CNPJ: 49.826.902/0001-70
    • ASSESSORA DA DIRETORIA: MARISA

FILIAL

    • NÚCLEO ASSISTENCIAL FRATERNO (ESPAÇO IRMÃ NICE-NAF)
    • NOME FANTASIA: CENTRO DE ASSISTÊNCIA E DESENVOLVIMENTO SOCIAL IRMÃ NICE
    • CNPJ: 49.826.902/0012-23
    • IE: ISENTO
    • RUA DENTISTA BARRETO, 978 -VILA CARRÃO – CEP 03420-000 – SÃO PAULO/SP
    • FONE: 11  2296-3462 e 2091-0992
    • E-MAIL: irmanice@fraterno.org.br (Andréa)

DADOS BANCÁRIOS

    • Banco: Bradesco
    • Agência: 0298-4
    • C/C: 3120-8
    • Núcleo Assistencial Fraterno
    • CNPJ: 49.826.902/0001-70

História

BREVE HISTÓRICO DA INSTITUIÇÃO

Em fevereiro de 1975, um grupo de voluntários passou a desenvolver ações sociais junto às famílias flageladas pelas enchentes do Rio Aricanduva, na Zona Leste de São Paulo, levando-lhes apoio, alimentos, agasalhos e recreação para as crianças.

Em decorrência dessas atividades, até então informais, surgiu o Núcleo Assistencial Fraterno, fundado em 1978, inicialmente com o intuito de manter a Creche Meimei, inaugurada com 15 crianças. O voluntariado, até então assistencialista, quando institucionalizado, focou-se de pronto na área da Educação Infantil, que estava em situação bastante deficitária no local de atuação da instituição.

A opção pela ação social através de creches (Educação Infantil) justificou-se porque, à época, havia poucas creches na Capital e era crescente a demanda, em virtude do grande desenvolvimento da indústria e da construção civil, iniciados no início da década, com consequente fluxo migratório de populações de outras localidades para São Paulo. Parte considerável desses migrantes se deparou com realidade desfavorável: custo de vida elevado, moradias em cortiços e favelas e oferta de emprego para mão de obra pouco qualificada, com baixos salários, principalmente para serviços domésticos, com a consequente demanda por creches.

Foi para suprir essa importante demanda na região que a entidade surgiu, visando o apoio educacional das crianças.

  • O NÚCLEO ASSISTENCIAL FRATERNO APOIOU E FOMENTOU AS SEGUINTES AÇÕES:

Em 1978, fundou a Creche Meimei, inicialmente com 15 crianças. Hoje 225.

Em 1982, fundou o Centro de Valorização da Vida – CVV – Vila Carrão, trabalho de prevenção do suicídio. Atualmente funciona de forma independente.

Em 1982, fundou o Ninho de Paz, instituição para excepcionais. Atualmente também funciona de forma independente.

Em 1992, apoiou a fundação do NADHU – Núcleo de Apoio e Desenvolvimento Humano, hoje instituição co-irmã, que mantém três Centros de Educação Infantil.

Em 2001, passou a administrar o Centro de Educação Infantil – CEI Professora Eunice Pinheiro Machado Padovan, em São Mateus, com 484 crianças.

Em 2003, fundou um Centro de Informática – Telecentro NAF – CARRÃO, em parceria com a Prefeitura Municipal de São Paulo. Com a democratização do acesso à internet o Telecentro deixou de funcionar em 2014.

Em 2003, fundou e desde então administra o Centro de Educação Infantil – CEI Meimei II, em São Mateus, com 77 crianças.

Em 2004, passou a administrar o Centro de Educação Infantil – CEI Benedito Costa Carvalho, em São Mateus, com 165 crianças.

Em 2008, inaugurou o Centro de Educação Infantil – CEI Professora Sônia Maria Silvestrini de Oliveira, no Jardim Rodolfo Pirani, para atendimento de 124 crianças.

Em 2009, inaugurou o Centro de Educação Infantil – CEI Auta de Souza, no Iguatemi, para 392 crianças.

Em 2010 inaugurou o LAR MÃOS ESTENDIDAS/NAF, para apoiar às pessoas em estado de rua.

Em 2018 o Núcleo Assistencial Fraterno assinou contrato de comodato com o Centro Espírita Irmã Nice, com o objetivo de desenvolver atividades sociais e educacionais no espaço de propriedade daquela instituição, à Rua Dentista Barreto, 978, Vila Carrão, utilizando a logomarca IRMÃ NICE – NAF

Em 2018 estruturou o Projeto Crescer com 100 crianças e adolescentes no espaço do Irmã Nice-NAF.

Em 2018 abriu o Centro de Educação Infantil Joanna de Ângelis, com 150 crianças no espaço do Irmã Nice – NAF.

  • FINALIDADES ESTATUTÁRIAS E MISSÃO

São finalidades estatutárias da entidade, dentre outras, criar e manter centros educacionais filantrópicos e beneficentes, especialmente voltados ao atendimento educacional integralmente gratuito ao público infantil advindo de famílias carentes de recursos econômicos (creches). Os Centros de Educação Infantil visam, principalmente, o desenvolvimento integral da criança em seus aspectos físico, psicológico, intelectual e social, complementando a ação da família e da comunidade e, consequentemente, aprimorando seus laços familiares.

Como instituição filantrópica e por conta do público-alvo de nossa atuação, não cobramos quaisquer contribuições dos beneficiários pelos serviços prestados.

Temos por missão, com base na educação infantil, a busca da mobilização da sociedade para ações voluntárias em parceria com o governo e empresas que assegurem melhor qualidade de vida para as populações carentes e visem uma perspectiva de futuro melhor para o nosso país.

As ações devem ter caráter educativo e humanitário, promovendo o ser humano enquanto cidadão, sem humilhações e paternalismos.

  • ATIVIDADES:
  1. Administra sete creches em convênio com a PMSP, com 1600 crianças e 270 funcionários, cinco no bairro de São Mateus, uma na Vila Manchester e outra do ESPAÇO IRMÃ NICE – NAF.
  2. Mantém o Projeto Crescer no ESPAÇO IRMÃ NICE- NAF com 100 crianças e adolescentes;
  3. Mantém o Mãos Estendidas, projeto que apoia pessoas em estado de rua;
  4. Grupo Ação Contra a Fome que distribui cestas básicas para pessoas carentes no ESPAÇO IRMÃ NICE – NAF;
  5. Grupo de apoio à gestantes para gestantes em risco social no ESPAÇO IRMÃ NICE – NAF;
  6. Bazar SOCIAL IRMÃ NICE – NAF: recepção de doações, triagem e venda, atendendo a população com preços baixos e geração e recursos para o Projeto Crescer.